Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘dicas’

Olá pessoal, como o Fora de Casa já é mais acessado que o portal da Veja São Paulo, uhuuu rs, vou postar aqui o link para uma seleção muito legal que a Vejinha montou de programas em São Paulo, que combinados, não dão mais do que R$ 50,00. Uma dica muito bacana principalmente para quem, neste mês de férias, ficou em São Paulo como eu.

Vale muito a pena conferir. Os créditos vão para Marcelo Cobra e Uiara Araújo, da Veja SP.

Clique para abrir o link

Clique para abrir o link

Anúncios

Read Full Post »

Vai a dica para quem está pensando em prestar vestibular e ingressar numa universidade. A tarefa é árdua, não pense que vai ser fácil, mas SEMPRE vale a pena… Basta seguir firme e forte. Eu que o diga! rs…

A Uniexpo é a feira de universidades e profissões, e completa 10 anos em 2009. O objetivo do evento é esclarecer diversas questões relativas às profissões, tendências de mercado, aptidões, além dos cursos e infra-estrutura das instituições de ensino superior. A entrada é gratuita e conta com a participação das maiores universidades de São Paulo. Além de palestras, informações sobre cursos no exterior e teatro de textos obrigatórios no vestibular. Confira a programação completa.

Data: 30 de maio de 2009 – Sábado
Horário: das 11h30 às 17h
Local: Colégio Santa Maria
Av. Sgto. Geraldo Santana, 901 – Jd. Marajoara – São Paulo, SP.
convite uniexpo 2009

Convite - imprima o seu aqui!

Read Full Post »

Mãe
Mãe

Nós do blog fora de casa não podíamos deixar de homenagear todas as mamães nesse dia tão especial!

Trabalhadoras, empresárias, mães do coração, avós… é difícil descrever o quão importantes vocês são em nossas vidas. Compreensivas, acolhedoras, sabem sempre o que se passa em nossas mentes e corações.
O abraço certo, as palavras exatas… estão sempre no momento e hora certa.
Se preocupam o tempo inteiro, passam noites em claro quando estamos doente, enquanto não voltamos para casa. E mesmo quando damos alguma mancada ficam aflitas até fazermos as pazes.
Vocês são únicas, mas valem por mil!
Feliz dia das mães!!!
Para quem ainda não fez a programação, aproveitem nossas dicas de restaurantes e passeios. Afinal apesar da comidas delas serem as melhores, não vamos fazê-las cozinhar nesse dia!
Alguns restaurantes tradicionais para ocasião:
Ponteio Grill – Soggiorno – Senzala – Angélica Grill – Consulado Mineiro – América – Pizzaria Bruno’s

Read Full Post »

Casa RosadaPor causa da crise, Buenos Aires não é tão barata assim como dizem, mas descobrimos alguns truques para você conhecer bem a cidade e gastar muuuuuuito pouco.

Chegando ao aeroporto pegue o mapa gratuíto da cidade, acredite ele vale ouro, lá você tem todos os pontos turísticos e as pricipais avenidas e meios de acesso.

Saindo do aeroporto você tem algumas opções para chegar ao seu destino, primeiro taxi (caro), depois um ônibus coletivo que te deixará em frente a Casa Rosada que custa 25 pesos. Ou você pode optar pelo método mão de vaca…você sai do aeroporto caminha 5 metros para sua direta e pega um ônibus chamado 86 sentido centro, ele te leva para todos os lugares, demora um pouco, tipo 1 hora, mas você está de férias, e vai conhecer o lado sujo da cidade, e só custa 1,60 pesos.

Ao chegar ao seu destino eu aconselho você ficar em um dos dois hotéis paralelos a avenida Rivadavia (fora da rota turística), perto do número 2000, você estará relativamente perto do centro, vai pagar bem mais barato e terá acesso a linha A (azul clara) do metrô, só um conselho, ao pegar o mêtro (1,25 pesos)  não espere a porta abrir nem fechar, vai na fé!!!! (conselho de hotel Aires Express bem legal e barato)

Pontos Turísticos

Recoleta: Lindo vale a pena ir de manhã e à noite para dar uma volta, lá você  irá conhecer o cemitério da Eva Peron. Na entrada do cemitério Túmulo Evitaterão alguns vendedores de mapas,  agora me diz, para que comprar um mapa de 10 pesos se você pode seguir a galera que comprou sem gastar 1 peso?! E o túmulo dela nem é tudo isso, chegando lá não deixe de visitar o túmulo de Liliana Crocciati e leia o poema…muitoooo triste.

Boca: La Bambonera, o estádio, pra quem gosta de futebol, é imperdível, não pague o passeio completo, pague o simples, finja que vai comer algo e espere o grupo que pagou completo aparecer com o guia nas arquibancadas, aí é fácil, siga o grupo tirando várias fotos. Lá também tem as famosas casinhas coloridas de El Caminito, passeio imperdível, mas cuidado com os dançarinos de tango, que querem tirar fotos, eles cobram. A comida de lá é bem normal, então sujiro que você saia de lá e coma seu super Pancho, lá também tem os famosos shows de Tango, custam 280 pesos por pessoa com comida inclusa, minha dica é, vá até o shopping da Galeria Pacífico lá tem um Centro Cultural que vira e mexe tem belos shows de tango por apenas 25 pesos.

Rua Florida: Nada mais é que a Oscar Freire da Argentina, um lugar lindo e muito legal, só que com roupas bem caras, tem que ir conferir a beleza e o clima do lugar, mas para comprar mesmo há vários Outlets escondidos no fim da Rivadavia e perto do número 5000 da Corrientes, isso você só descobre andando de bus pela cidade

Casa Rosada: Nem se preocupe em chegar lá todos os onibus passam lá, além da casa Rosada não tem mais nada, é uma bela praça e uma bela casa, mas la perto fica o Puerto Madeiro tem que ir, de manhã e à noite, mas cuidado é bem caro, vale a pena ir  alimentado, e tomar um café ou uma cerveja em um dos vários bares que tem na região.   

San Telmo: Tem uma praça maravilhosa sempre acompanhada de boa música, vá à tarde antes das 18h, você pede um chopp e ganha o outro, moleza né!!!

Pallermo: É um bairro bem gracioso, lembra um pouco os jardins, tem muitas árvores e o Jardim Botânico e o Zoo ficam lá….se você não quiser ver os animais, não perca o Jardim Botânico.

Como um bom paulistano, não esqueça de conhecer os shoppings e comer um lanche no Mc Donald´s.

Pra finalizar ande sempre com moedas para gorgetas e para o ônibus, pois só aceitam moedas e nem tem cobrador só uma máquina, cuidado com as taxas dos restaurantes eles não cobram 10% mas cobram uma taxa chamada cubierto, acredite se quiser você paga só de sentar na mesa.

Leve sempre uma mochila com água, bolachas, mapa, câmera fotográfica e seu documento.

Não esqueça de guardar uma grana no final, pois ao sair do país de avião rola uma taxa de segurança que você tem que pagar, custa cerca de 20 dolares por pessoa, aproveite o passeio e vai na minha, faça tudo de ônibus, metrô e muito Pancho!!!!

Read Full Post »

Hoje somos pessoas globalizadas, conectadas com tudo e todos e é por isso que achei interessante, colocar  também, esses mandamentos para aqueles que mesmo de férias não conseguem se desconectar.

As dicas foram tiradas de outro blog com o mesmo tema, visitem:

Primeiro Mandamento
É claro que quem leva aparelhos eletrônicos na bagagem não pode esquecer o carregador de baterias em casa. Mas isso não basta: o primeiro mandamento do viajante digital é comprar aí no Brasil um adaptador de tomadas universal. Cada país tem um tipo de plugue elétrico diferente, e você pode não conseguir encaixar sua tomada no quarto do hotel sem um acessório desses.
COMO USAR O CELULAR NO EXTERIOR?
Se vai viajar com um telefone móvel ao exterior pela primeira vez, saiba que ele não vai funcionar, a menos que você tome algumas providências essenciais.

Segundo Mandamento
Se o seu aparelho é do tipo CDMA (sem chip) você terá de entrar em contato com sua operadora com antecedência e solicitar outro aparelho emprestado, porque o seu telefone não funciona no exterior.

Terceiro Mandamento
Se seu aparelho é do tipo GSM (com chip) ele vai funcionar com duas condições:
(1) o telefone tem de ser quadriband para aceitar freqüências de qualquer país e
(2) você precisa ligar para sua operadora antes de sair do Brasil e solicitar a liberação de ligações internacionais, porque normalmente os chips são bloqueados para ligações internacionais por medida de segurança;
Quarto Mandamento
Se você usa seu celular para baixar e-mails, navegar na internet ou qualquer outro tipo de conexão de dados, terá de solicitar à sua operadora uma senha e password válidas no país de destino para o serviço de tráfego de dados EDGE. Também sera necessário habilitar o roaming de dados em seu aparelho, que normalmente vem desligado, também por medida de segurança. Para quem usa um iPhone isso é feito clicando em settings / general / network / data roaming ON / APN + username + password.
COMO VIAJAR COM O NOTEBOOK?
O Notebook pode ser seu melhor companheiro no exterior, principalmente em viagens de trabalho e quando você está sozinho. Com ele você pode entrar em contato com seus familiares, trabalhar a distância e saber notícias do Brasil. Entretanto, se não observar os mandamentos abaixo, esse companheiro pode se transformar numa grande dor de cabeça.

Quinto Mandamento
Se o seu computador portátil foi comprado no exterior você tem de passar na Polícia Federal no próprio aeroporto, depois de fazer o checkin, e registrar o aparelho para poder entrar com ele novamente no país.
Se ele foi adquirido no Brasil não é preciso registrar o aparelho na PF, mas sempre é bom levar uma cópia da nota fiscal para comprovar a compra.

Sexto Mandamento
Nunca coloque o notebook na mala: ele deve seguir em uma mochila junto com você, pois as malas são surradas nas esteiras dos aeroportos, o que pode danificar o aparelho. Sem contar a possibilidade do extravio das bagagens, o que, infelizmente, é cada vez mais comum.
Sétimo Mandamento
Na hora de passar na máquina de raio X você será obrigado a colocar o notebook sozinho numa bandeja plástica, fora da mochila.
Para evitar atropelos pegue ele na mão quando entrar na fila do embarque: ao chegar à máquina de raio X coloque a mochila na esteira e o notebook na bandeja plástica junto com o celular, moedas, chaves e outros itens metálicos em seus bolsos.

Oitavo Mandamento
É fundamental fazer o backup completo dos seus dados antes de sair de casa. Em viagens a chance de seu notebook quebrar ou ser roubado sempre é maior.

Nono Mandamento
Se a viagem for a trabalho e você estiver levando arquivos importantes, como planilhas, textos ou apresentações, lembre-se de que seguro morreu de velho. Copie esses arquivos em um memory key para o caso de alguma pane no seu computador.
COMO CONECTAR NA INTERNET?
A gente nunca sabe extamente o que nos espera quando o assunto é conexão com a internet no exterior. Se você pode se contentar com computadores públicos em hotéis ou cybercafés, sempre vai encontrar um jeitinho de navegar, mesmo em regiões distantes de países pobres. Mas se está viajando a trabalho com seu notebook ou é daqueles hiperconectados que não podem ficar fora da rede um dia sequer, você deve tomar alguns cuidados básicos.
Décimo Mandamento
Informe-se sobre a política de conexão com a internet antes de fazer reserva em um hotel. Enquanto nos EUA é comum ter internet sem fio, às vezes gratuitamente, mesmo em hotéis mais simples, na Europa geralmente as conexões nos quartos são a cabo e custam os olhos da cara. Estou pagando € 22 por dia (ou cerca de R$ 50) para ter conexão no meu quarto do hotel Dom Pedro, um dos principais 5 estrelas de Lisboa. Um verdadeiro assalto. E eles não tem acesso sem fio Wi-Fi, portanto ainda sou obrigado a ficar trabalhando em uma mesa estreita e muito alta em relação à cadeira, um verdadeiro mico.
Décimo-primeiro Mandamento
Exatamente pela falta de conexão sem fio em muitos lugares, não esqueça de trazer seu próprio cabo de rede. Alguns hotéis oferecem conexão gratuita e cobram pelo cabo (!). Se puder escolha um daqueles modelos especiais para viagens, com fios bem fininhos. E lembre-se: quanto mais comprido, melhor.

Décimo-segundo Mandamento
Para se conectar em pontos de acesso Wi-Fi com seu notebook, em geral é possível ligar o computador, abrir o navegador e comprar um pacote de acesso ali mesmo, com seu cartão de crédito internacional. Compre logo um pacote de vários dias, que sai muito mais barato, e você poderá usar em restaurantes, bares e até hotéis. Só verifique se o provedor escolhido tem boa cobertura, em geral nas páginas de compra dos pacotes eles tem informações sobre isso.

FOTOS DIGITAIS SEM PROBLEMAS
O grande desafio para quem viaja com uma câmera digital é o espaço de armazenamento das fotos. Ainda mais nesses modelos novos, acima de 5 megapixels: o cartão de memória fica cheio rapidinho. Se você fizer muitos vídeos então, em pouco tempo pode ficar sem espaço. Quem viaja com o notebook não precisa se preocupar com isso, é só ir descarregando as fotos diariamente. Se esse não é seu caso, tome os cuidados abaixo.

Décimo-terceiro Mandamento
Baixe a resolução da sua câmera para 3 megapixels. Isso é mais do que suficiente para fazer ampliações em papel do tamanho de uma foto normal em papel de alta qualidade. Muita gente acabou trocando de câmera por conta da corrida dos megapixels, mas 3,2 está para lá de bom. Assim suas fotos ocupam um espaço médio entre 1,5 e 2 megabytes.
Décimo-quarto Mandamento
Se puder, compre cartões adicionais de memória para trocar durante a viagem.
Décimo-quinto Mandamento
Antes de sair de viagem tire algumas fotos na resolução desejada, leve para o computador, veja o espaço médio em megabytes que elas ocupam e faça uma conta de quantas fotos vai conseguir colocar nos cartões de armazenamento que possui. Assim não vai deixar de fotografar aquele lugar super especial no último dia de viagem.
Décimo-sexto Mandamento
À noite, quando chegar no quarto do hotel, reveja as fotos do dia e jogue fora as que ficaram ruins. Assim você ganha mais espaço para o dia seguinte.
O GPS É ÚTIL EM VIAGENS?
Se pretende alugar um carro no exterior, o navegador GPS é um acessório obrigatório. Com ele você chega sem sustos a qualquer destino, recebendo orientações verbais em português e visuais na tela sensível ao toque.
Entretanto, para desfrutar de todo esse conforto você deve tomar alguns cuidados.
Décimo-sétimo Mandamento
As locadoras têm muito mais carros do que aparelhos GPS portáteis. É comum a gente não conseguir um navegador no balcão da locadora quando aluga o carro em cima da hora. Por isso reserve seu carro com antecedência e solicite o GPS no ato da reserva.
Nas principais empresas isso pode ser feito pela internet, mas sempre é bom confirmar depois por telefone.
Décimo-oitavo Mandamento
Se não conseguir um carro econômico com GPS portátil, pense em alugar um modelo mais luxuoso que já vem com GPS de fábrica. Custa um pouco mais caro, mas economiza tempo precioso durante a viagem. Para que fazer economia de cem ou duzentos dólares por um conforto desses numa viagem que custou um dinheirão?

Décimo-nono Mandamento
Para quem conseguiu alugar seu GPS portátil, uma dica fundamental: ao estacionar guarde o carregador do aparelho no porta-luvas do veículo e leve o aparelhinho no bolso ao sair do carro.
É muito comum o arrombamento de automóveis para roubo desses aparelhos, mesmo nas mais pacatas cidades de países desenvolvidos.
Se isso acontecer, além de ficar perdido, você terá de pagar uma multa para a locadora.

Read Full Post »