Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘viagem’

guia michelíndio

Quem teve a oportunidade de assistir na última sexta-feira, 22/05, o Programa do Jô, certamente se divertiu muito com a entrevista engraçadíssima da Helena Perim Costa, autora do Guia Michelíndio da Matrix Editora.

Um guia só de roubadas, lugares  do mundo todo considerados turísticos, mas que na verdade, como diz o título, são um verdadeiro programa de índio. Uma ótima dica, muito divertida, desta vez, pra onde NÃO ir.

Sinopse: Você vai descobrir: Locais maravilhosos, mas na época errada. Tours que ninguém merece. Shows típicos de quinta categoria. Como perder um amigo, oferecendo a ele um suvenir. Comidas proibidas: seu estômago agradece. Como despachar aquele amigo que quer viajar com você. Enfim… Conheça a pior maneira de ir mais longe! A classificação deste guia é feita de uma a cinco penas. Quanto maior o programa de índio, mais penas ele ganha.

Read Full Post »

Expresso Turistico CPTM
Locomotiva fabricada no Canadá em 1950

E por falar em trens, foi inaugurado em 25/04 pela CPTM, o Expresso Turístico, novo serviço ferroviário que integrará lugares turísticos localizados em diversos pontos da malha férrea de São Paulo. Um trem da metade do século passado vai levar os passageiros a cidades do interior. O programa começará com roteiros para Jundiaí. Todos os sábados, o Expresso partirá da Estação da Luz, no centro, e percorrerá, em uma hora e meia, os 60 quilômetros que separam a cidade da capital. No trajeto, três guias turísticos contam curiosidades de algumas paradas e construções que podem ser avistadas pelo caminho, além da arquitetura de forte influência inglesa nas construções originais ainda existentes, como as estações da Luz, Jaraguá, Perus, Jundiaí, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Paranapiacaba.

A viagem custa R$ 28,00 com partida às 8h30 da Estação da Luz, é verificar com antecedência os assentos disponíveis pelo hot site da CPTM, parece que o passeio já é um sucesso, atualmente a espera já chega a 3 semanas, um bom sinal de que as opções de turismo aqui em São Paulo estão ficando cada vez melhores. Até mais!

Read Full Post »

Todo conhecem a marca Durex, para nós brasileiros, nada mais é do que uma simples fita adesiva, tão conhecida que virou sinônimo de sua categoria.

No ano passado uma amiga esteve na Ilha da Madeira e se deparou com a necessidade de um pedacinho dessa fita salvadora. Todo mundo já precisou colar, emergencialmente, uma barra de calça ou coisa parecida.

Enfim, ela entrou em uma loja de celular (não me pergunte o pq) e pediu um pedaço de durex, ao ouvir isso a  recepcionista olhando-a espantanda. Rapidamente minha amiga tratou-se de se explicar dizendo que precisava de um pedaço de fita.

Aliviada a recepcionista entregou a ela a fita e explicou o porque de seu espanto, Durex em Portugal é o nome de um preservativo.

Portanto fiquem atentos, a menos que estejam em uma farmácia não saia pela Ilha da Madeira pedindo Durex!

Preservativo

Read Full Post »

 Como todo lugar, pretencendo ao mesmo  país ou não temos algumas peculiaridades na comunicação, estranhas até mesmo aos vizinhos e em João Pessoa isso não é  diferente.

Seguem algumas palavras/expressões diferentes que ouvi por la:

Girador – nada mais é do que nossa conhecida rotatória, e por lá encontramos diversas placas espalhadas pela cidade indicando essa travessia;

Palhoça – aqui temos alguns lugares que se referem aos nossos conhecidos quiosques por palhoça, porém também encontramos certas barracas identificadas como quiosque;

Arengueiro – pessoa encrenqueira, que gosta de briga

Arretado – considerada uma pessoa boa, legal

Arrochado – apertado preso

E claro não poderia faltar o tão conhecido Oxente! Que nada mais é do que uma interjeição ou expressão usada em caso de surpresa ou espanto.

Oxente!!!!rs

Read Full Post »

Uma iguaria da Paraiba
Uma iguaria da Paraiba

 Não se pode ir a João Pessoa sem experimentar essa iguaria…

Eu confesso que não me aventurei a experimentar essa prato peculiar, o mais próximo que cheguei foi experimentar um espeto de cabrito e posso dizer que a carne é bem saborosa e macia. Sua textura é um pouco mais suave que a carne tradicional, porém não sei se é a falta de costume, mas minha digestão não foi das melhores.
Enfim, as pessoas que por lá conheci e se aventuraram a experimentá-la disseram ser uma carne “normal” e bastante saborosa. Vale a pena conferir!
Porém essa não é a única opção, contamos com as famosas tapiocas dos mais diferentes sabores (carne de sol, carne seca, frango com catupiry, frango com cheddar, leite condensando com coco, chocolate com abacaxi e coco e por aí vai). Além disso, há as diferentes opções de macaxeira (mandioca), é bolinho, purê,  onde você escolhe os diversos recheios  já sitados anteriormente (carne de sol, carne seca, frango com catupiry, frango com cheddar, camarão, etc) e a famosa mandioca frita.
Há também os pratos executivos sempre acompanhados do conhecido feijão de corda ou feijão verde.
Todas as opções são gostosas e muito bem servidas, porém um alerta para o serviço que é oconhecido como “Talento” (junta de Tá + lento), é o jeitinho João Pessoense de ser, tudo lá é feito com calma e não há pressa, por isso as refeições podem demorar um bucadinho para chegar. Mas isso não significa que sua comiga chegará fria, os pratos chegam quentes e prontos para matar a sua fome.

Read Full Post »